sexta-feira, 6 de março de 2009 A Trilha

quem nunca esteve em uma encruzilhada entre dois caminhos? se for parar para analisar a minha, ela deve ter três ou quatros trilhas para se seguir. todas por caminhos absolutamente diferentes, mas tendo o mesmo destino. deitar minha cabeça no travesseiro e dormir em paz sorrindo em se lembrar das maravilhas que aconteceram. talvez eu não mereça, ou talvez eu mereça bem mais. quem vai dizer isso não sou eu, é a força maior que nos guia. a força que me dá forças e me faz acreditar que isso logo passará.



no começo tudo era perfeito e no final do jeito que menos se espera. como sempre foi.
controle os seus desejos, o sábio faz isso.
é guiado pela cabeça e não pelo amor.
pois no fim, a cabeça continua em pé, é concreta.
e o amor, que não se vê, se despedaça. e jamais volta a ser como era.

indo pro trampo, com a esperança de que hoje será melhor que ontem.

1 outras vozes:

Adriano disse...

cabeça e amor, coração e razão.
por que ter de escolher entre um e outro? mas se tive de escolher fico com o coração. afinal, o coração tem razões que a própria razão desconhece.