terça-feira, 14 de abril de 2009 Quando tudo éramos nós!

acontece que tudo durou pouco, assim como tudo que é bom acaba logo. as lembranças, as noites na chuva, os dias de sol. as loucuras, as risadas! era bom, ainda é, mas não como antes. o medo sentido, a agonia, a mesma ansiedade. era perfeito, como antes não tinha acontecido, ou se como antes eu não tivesse sentido algo parecido. e eu espero, que aconteça de novo. da mesma forma e da mesma maneira.


está chegando, e eu sinto como se estivesse entrando numa nova era. como se uma nova história começasse a ser escrita sobre mim. me sinto forte, como se pudesse fazer tudo o que sempre quis, sem me esconder de nada !

e isso me faz bem, o que resta é esperar. será que fazer 18 anos é tão bom assim. artistas



ao som de : david guetta - everytime you touch (indicação do Jackson)

7 outras vozes:

Joey disse...

legal o blog!

Leo Pinheiro disse...

Dizem que o melhor da festa é esperar por ela, e...

É verdade.

Pq mudar de idade, status ou sei lá mais o que...

É mais simples que o sentimento de mudança.

Este, sim, relevante.

Eıckmαnn_Dσſſ disse...

Independente do quanto durou, nós humanos sempre ficamos com o gostinho de "quero-mais".
Muito bom o texto.
:*

Anderson Meireles disse...

Gostei muito do seu blog cara...vc tem o que dizer e isso é importante!
Abraço!

Karine disse...

Curti o blog, acompanhado!!

http://karine-aline.blogspot.com/

aerogamer disse...

hehe, massa o blog

Fernanda Rodrigues disse...

E é aquela velha história de seguir em frente para sentir saudade - e vontade.

Parabéns pelo blog. Se quiser dar uma passada no meu, fique a vontade.
http://sopadeentrelinhas.blogspot.com/