quinta-feira, 23 de abril de 2009 1.8

quando me diziam que era normal, nunca acreditei. não é normal. pode ser psicológico, mas que acordei me sentindo diferente acordei. me senti maior, mais forte. e depois veio a hora de pensar em tudo. em todas as coisas que mudaram, as coisas que foram feitas, e as que quis fazer e não fiz também.tudo o que se passou na minha vida. ouvi o dia todo que agora posso beber, dirigir entrar no motel. que agora sou adulto e que tenho responsabilidade(como se antes não tivesse). me fez lembrar da infância, do tombo da escada, do carro branco atropelado, da surra que minha mãe me deu por ter tirado o vestido dela na frente de um bar. lembrar do rasgo feito no queixo, da peça do Castelo Rá-Tim-Bum, da correria atrás de trampo. de pessoas importantes que estão comigo, de pessoas importantes que estão longe, que nunca vi. me fez lembrar do meu primeiro amor,de todos os amores, do meu último amor. e fez perceber que eu realmente cresci. que não sou mais a criança que pra dormir precisava de uma fralda de pano no rosto. que tinha medo de Jesus Cristo e que sonhava que quebrando a TV iria ver a Angélica de perto. não sou mais o moleque que tem direito de ficar triste porque o que queria não pode acontecer. porque a pessoa que ama está longe. é o moleque cresceu, e vai fazer o possível pra deixar de ser, o moleque que corta o rosto todo fazendo a barba que acha que tem.

Cynthia acabou de ligar =)

8 outras vozes:

Bruno Gunner disse...

belo blog
:)

Karine disse...

Fez 18, ta axando q viro adulto é? rss! Brincadeira, to aki mo anciosa pra fazer tbmn, pena q é só fim do ano!
Parabéns ai pelos 18 anos, e raxei de rir do resumo da sua vida, principalmente do vestido da sua mãe! *imaginando a cena*

beijoo **

Lucas Alsil disse...

vai rir imaginando a surra que eu levei depois. auehaueheuae

Gustavo Chagas disse...

aaaaa...agora com dezoito...já mandei pelo orkut, mas mando de novo
Parabéns,
muitas felicidades e tudo mais...
Imagino que quando fazemos 18 anos um monte de gente vem falando o que a gente pode e não pode fazer...aushaushaush
mas é assim mesmo...ausaush
Abraço

BRUNO disse...

Fala amigo, gostei muito do seu blog, principalmente da temática, faz meu gosto...

Não se preocupe, tenho 22, e já percebi que jamais vamos crescer, principalmente nós que escrevemos, vivemos num mundo à parte...

Gostaria que visitasse meu blog, quando tiver dpuvidas, leia filosofia!

Abraços!

http://tempo-horario.blogspot.com/

BRUNO

sofismo disse...

hummmm interessante.
Belo post. parabéns.
visite meu blog quando quiser

Eu disse...

ainda tenho medo de Jesus Cristo!

[ahauhauahuha]

sabias palavras!

Eu disse...

ps. opa, seu niver de 18!??
se prepare, pq agora passa tão rapido que vc nem vê! =x