quinta-feira, 9 de abril de 2009 Eu quero você !

eu não quero a minha casa, eu não quero o meu emprego.
eu não quero acordar e perceber que a noite passada não teve sentido.
e ver que o dia novo será em vão.
eu quero a alegria do seu sorriso.
quero de volta a vontade de sonhar.
quero de voltar os meus planos...

eu não quero a cidade que eu moro.
eu não quero você longe de mim.
eu não quero a Paulista.
eu não quero a Luz, eu não quero a São Bento.
eu não quero tudo o que sempre quis.
o tudo que me fez feliz durante anos.
eu não quero a Ipiranga, eu não quero o Copan.
eu não quero o Arouche, eu não quero a São João.
eu não quero São Paulo, eu não quero Mogi, eu não quero Suzano.
eu não quero a Republíca, eu não quero o Banespa.
não quero o Edíficio Itália, nao quero o melhor emprego.
eu quero você aqui perto.
quero você pra mim.
quero você aqui, quero você comigo, quero você assim. cura domingo de chuva

4 outras vozes:

Dário Souza disse...

Muito legal a poesia, tu escreve muito bem

Lorrαne Silvα disse...

concordo :)

f.q. telles disse...

não sou de são paulo, então não entendi muito os lugares ali. hahaha
mas você escreve bem. bom texto.

Fabricio¨ disse...

belo, espero que tenhas o que queres
(e já que vc não quer sua cidade, eu quero, rs)
Abraço