sexta-feira, 20 de junho de 2008 Surtos e Cores II

e mais um monte de luzes diferentes invadiu a tua mente, luzes azuis, rosas, verdes, amarelas e laranjas.e foi sentindo cada uma a sua intensidade e se movendo de uma forma que o deixava em êxtase, só de lembrar de todas as cores que lhe invadiam a mente, ao mesmo tempo eram tão intensas, a ponto de de acabarem com ele, eram suaves, o fazendo esquecer de tudo.as luzes reapareceram na sua vida do jeito e na hora mais inexplicável possível e seguiu e sentiu as luzes, e se iria se arrepender depois, seria só mais um erro,pra coleção de erros que era a sua vida, do mesmo jeito que um monte de gente era, mas desiste de tentar de novo por medo do fracasso.decepção não mata ninguém infelizmente, só deixa a agonia corroer o corpo aos poucos, mas se for pra se arriscar, se arrisque. se arrependa e se estrepe o tanto de vezes que for preciso.e foi assim que ele pensou, depois que o monte de luz, invadiu a tua mente, a tua vida e a tua história. turista

ao som de : kanye west - stronger

2 outras vozes:

Kat disse...

Lucas

Eu li todo o seu blog e achei uma loucura... Fiquei presa em sua leitura e me fez requestionar tudo o que mencionou: felicidade, dinheiro, ódio, inveja, cores... Você fala de todos os sentimentos. Os mistura e nos faz interagir com os nossos próprios sentimentos.
Senti em seus textos um turbilhão de sentidos que a vida tem e a bagunça que isso deixa em nossa mente. O nosso psique é assim mesmo. Muitos filósofos tentaram desvendar a mente humana, alguns tiveram sucesso em seus estudos... mas uma frase que sempre me lembro, é a de Sócrates: "Não existe verdade absoluta". E não mesmo. Tudo o que fazemos, falamos e sentimos, é fruto do homem.
E muito do que criticamos em outras pessoas, muita delas temos em nós.
Somos podres por dentro, mas muito belos por fora... essa a maior contradição da vida.

Boa sorte em sua elaboração nos textos. Espero anciosamente pela próxima edição.

Beijos.
Da sua amiga Katherine, se lembra?!

Lucas Alsil disse...

me fez pensar nisso. me deu até ua idéia 'O Grilo e o Boi'.
qualquer dia escrevo algo sobre isso;